Você sabe o que é bisfenol-A?

É, eu também não sabia, aliás, devo saber um pouco mais sobre isso a menos de um ano. O fato é que a indústria do plástico (que ultrapassou em faturamento a indústria do aço em 1979) é tão malvada quanto a indústria do cigarro. Eles se recusam a fazer (e financiar) estudos mais profundos e detalhados sobre o assunto, mas simplificando, tudo que é recipiente de plástico que utilizamos (lembra dos potes da Tuperware que sempre uma vizinha vinha vender para sua mãe?), potes, garrafas, embalagem de comida, sacolas, sacos, tudo quanto é coisa, libera essa substância nociva. Até o revestimento interno das latas utiliza isso.

E atualmente existe uma corrente de especialistas querendo que seja informado que na composição dos alimentos que compramos contenha o termo bisfenol-a, uma vez que ele é um ingrediente adicionado ao alimento. E os malvados do plástico, vendem as garrafas e assemelhados para as indústrias, oferecendo isso apenas. Ninguém de fato conhece a composição química das embalagens comercializadas atualmente, fabricadas de plástico obviamente.

Principalmente quando aquecido o plástico libera o bisfenol-a, mas também o faz quando é arranhado, utilizado, friccionado. Não tem jeito. Não sei como o Michael Moore não fez um documentário sobre o assunto. O fato é que tudo quanto é coisa plástica tem essa porcaria, principalmente se fabricado na China. Inclusive esse brinquedinho da Fisher-Price que seu filho colocou na boca agora!

Eu não sou o dono da verdade, mas tenho lido sobre o assunto e ontem assisti a um documentário que me deixou pensativo enquanto a madrugada chegava. Você quer saber o que essa substância faz no nosso corpo? Diminui a fertilidade, obesidade, problemas neurológicos, disfunção da tireóide, cancer de mama, neuroblastoma, câncer de próstata, alterações no DNA, entre outras maldades. Como descobriram? Bem, uma pesquisadora percebeu que as cobaias (ratinhos brancos bonitinhos) estavam dando problema antes de serem usadas. Começou a investigar, ração, ambiente onde ficavam, e percebeu que os problemas eram as novas gaiolas (de plástico), que os bichinhos insistiam em arranhar. Mas vou parar aqui. resolvi escrever isso pois li a notícia abaixo agora a pouco:

OMS considera prematuro tomar medidas contra Biosfenol A

A Organização Mundial da Saúde considerou “prematuro”, esta quarta-feira, tomar medidas de proteção contra o Biosfenol A, produto químico usado para diluir a resina de poliéster e suspeito de afetar as funções sexuais masculina e o desenvolvimento cerebral dos bebês. O BPA é usado para diluir o poliéster de forma a facilitar sua laminação.

Ele entra em contato com os alimentos através de recipientes plásticos, como as mamadeiras, fabricados com o poliéster submetido a este tratamento químico. Entre outras fontes menos importantes, a OMS mencionou a poeira doméstica, a terra, brinquedos, resinas utilizadas por dentistas e papel térmico.

“Alguns estudos experimentais e epidemiológicos recentes estabeleceram vínculos entre baixos níveis de exposição ao BPA e alguns problemas de saúde”, ressaltou a OMS em um comunicado publicado depois de uma reunião a portas fechadas entre 30 especialistas reunidos em Ottawa na semana passada.

“A reunião estabeleceu que, segundo os atuais conhecimentos, é difícil interpretar a importância destes estudos” e que “enquanto estes informes (sobre o BPA e seus supostos efeitos) não se confirmarem, tomar medidas de proteção para a saúde pública seria prematuro”, destacou o comunicado.

Os especialistas reunidos em Ottawa confirmaram que o BPA penetra no organismo, sobretudo através da alimentação.

Uma ONG americana havia advertido recentemente para a presença do BPA nos boletos de caixas impressos em papel térmico. A OMS considerou este um risco menor.

A OMS para quem não sabe é uma organização vendida e desacretitada. Pelo menos por mim.

Pequei a notícia daqui ó.

E se você quer saber mais, leia a wikipedia e aqui que é uma fonte melhor, a EFSA.